Blog

Manutenção dos equipamentos de ordenha

No dia a dia de uma fazenda, com o objetivo de gerar economia, é comum praticarmos medidas provisórias para manutenção dos equipamentos de ordenha. Reparos e emendas em copo coletor, mangueira do leite e mangueira de vácuo são exemplos muito comuns. Porém, essa economia pode gerar grandes prejuízos, muitas vezes, não contabilizados. As emendas nas mangueiras podem comprometer o funcionamento de todo o equipamento da ordenha, e causar perda de eficiência e flutuações no nível do vácuo, o que ocasionará, maior incidência de prolapsos de teto e maior incidência de mastite nos animais em produção.

 

Para melhor planejamento da manutenção preventiva, em sua propriedade, apresentamos, abaixo, algumas orientações sobre a frequência de trocas e manutenções dos equipamentos de ordenha.

 

Manutenção preventiva a cada 6 (seis) meses: vácuo, mangueira, teteiras, tubulações, copos coletores.

 

 Troca da mangueira do leite (6 meses)

 Troca da mangueira do vácuo (1 ano)

 Troca de teteiras:
Borracha: 2.500 ordenhas (6 meses)
Silicone: 5.000 ordenhas (1 ano).