Blog

Impacto da conversão alimentar sobre o custo de produção de suínos – Fonte ETC

A intensificação foi um passo marcante na produção de suínos e possibilitou o aumento da competitividade no setor. Avanços tecnológicos, como o melhoramento genético e aspectos nutricionais, foram fundamentais para atingir alta produtividade e, consequentemente, maiores ganhos financeiros.

Neste contexto, a despesa com ração é o fator que mais impacta no custo de produção, comprometendo cerca de 50% e isso faz com que o produtor seja, em muitos casos, refém das variações no preço dos insumos, para obtenção de bons resultados econômicos. Entretanto, o suinocultor pode minimizar o impacto do alto gasto com ração na atividade com o aumento da eficiência produtiva dos animais, ou seja, a conversão alimentar é um fator fundamental para que se consiga maximizar os seus ganhos.

Para evidenciar o efeito desse índice nos resultados, foram analisados os dados obtidos no Projeto Campo Futuro da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA,) na unidade modal de suínos, em ciclo completo, sendo avaliados dois quadros distintos.

 

Tabela 1- Efeito da redução da conversão alimentar no custo de produção
Fonte: Projeto Campo Futuro CNA (2018). Atualizado em junho/19. Elaborado por Labor Rural/UFV/CNA

 

Pode-se observar que o Cenário 1 apresentou maior consumo de ração para que os animais ganhassem a mesma quantidade de peso, em relação ao Cenário 2. O Cenário 2 representa uma granja com uma eficiência alimentar melhor, de 2,03 C.A., enquanto no Cenário 1 a C.A. foi de 2,19. Isso representou uma redução no consumo de ração de 7,69%.

A redução da conversão alimentar é essencial para que o produtor consiga equilibrar os seus custos, minimizando seus riscos, principalmente em tempos de crise, ou seja, o produtor consegue aumentar a sua autonomia, permitindo melhores tomadas de decisões. O gráfico 1 mostra o efeito da redução da conversão alimentar sobre o custo de produção da propriedade. A diminuição da conversão alimentar possibilitou, ao produtor do Cenário 2, reduzir o seu custo total/cevado em R$18,31, deixando evidente a importância desse índice zootécnico para a atividade.

 

Gráfico 1- Efeito da Conversão Alimentar sobre o custo na suinocultura
Fonte: Projeto Campo Futuro CNA (2018). Atualizado em junho/19. Elaborado por Labor Rural/UFV/CNA

 

É importante salientar que, para que ocorra uma melhora na conversão alimentar, é fundamental se atentar para alguns fatores dentro da granja, tais como: aumento do bem-estar dos animais, melhor regulagem dos comedouros para diminuição do desperdício de ração, utilização de uma genética especializada e formulações de ração mais adequada para a exigência do animal. Ao realizar esses diversos fatores de forma eficiente, é possível que a conversão alimentar dos animais aumente, impactando diretamente nas margens da propriedade.

O caminho para o alcance do sucesso econômico é árduo e cheio de percalços, por isso se torna tão importante a busca pela máxima eficiência produtiva e econômica. Dessa forma, somente por meio de planejamento e de ações assertivas, é possível garantir melhores resultados técnicos e econômicos na atividade produtiva.